Espécies de Bonsai

Muitas são as árvores que são usadas para o cultivo do bonsai, as duas espécies de bonsai mais populares para essa arte são, o bonsai de figueira (Ficus Retusa) e o Bonsai de Junípero (Juniperus), porém, além dessas, existem diversas outras.

Neste texto, iremos mostrar as espécies mais conhecidas que são usadas para o cultivo do bonsai. Se você pretende comprar, ou, se ganhou um bonsai, veja se o mesmo está em nossa lista e aprenda mais sobre essa determinada espécie.

Continue conosco!

Espécies de Bonsai

Bonsai de Figueira (Ficus Retusa)

A árvore da figueira é do gênero Ficus, uma linda árvore que tem sua maioria cultivada nos locais onde há um clima mais tropical, ela conta hoje com mais de setecentas espécies. O fícus benjamim e o fícus retusa são as famílias mais conhecidas que dão origem ao bonsai de figueira, mas, outras espécies também são usadas na elaboração.

 

 

 

Bonsai de Junípero (Juníperus)

O Bonsai de Junípero da família Cupressáceas, pode crescer aproximadamente até 25cm, tem origem chinesa e é da espécie Juniperus e subespécie chinenses. Ele tem  mais de 30 espécies de coníferas, possui folhas sempre verdes, suportam ventos e mantém o crescimento regular. O nome popular do bonsai Juniperus é Shimpaku.

 

 

 

 

Bonsai de Jabuticabeira

O bonsai de jabuticabeira é uma árvore bonita e agradável para ambientes internos e externos. Seguindo seus devidos cuidados, você conseguirá manter essa linda árvore por longos anos.

 

 

 

 

 

 

 

Bonsai de Bordo (Acer palmatum)

O Bonsai de Bordo vem da espécie Acer e sub-espécie Palmatum, originária do Japão e China, e, pode existir mais de 200 tipos do mesmo gênero. O Bordo possui folhas de cinco pontas, e suas cores ocorrem variações durante o ano, algumas famílias nascem com a cor das folhas vermelha e outras, brotam nas cores verdes, porém no outono, mudam para alaranjado.

 

 

 

 

Bonsai de Olmo Chinês (Ulmus Parviflora)

O Olmo Chinês, também chamado de Ulmus Parviflora é uma das árvores mais populares para o cultivo de bonsai, pois, devido suas folhas serem pequenas e com uma cor verde escura, trazem o melhor estilo de uma mini-árvore. Ele pode ser cultivado em qualquer região do país, pois, se adapta as regiões com clima temperado.

 

 

 

 

 

 

Bonsai de Zelkova (Olmo Japonês)

O Bonsai de Zelkova, também conhecido como Olmo Japonês, é uma espécie muito semelhante ao Olmo Chinês, porém, a diferença está nas folhas, pois, um tem apenas uma folha dentada, e o outro, tem duas. Existem também outras espécies de Zelkova, tais como, Creta, Japão, Cáucaso, entre outras.

 

 

 

 

Bonsai de Cerejeira (Myrthus Communis)

Existem diversos tipos de cerejeiras que podem ser usadas como árvores de bonsai, algumas são da família das Rosaceaes, outras das Prunaceas, como exemplo, a Cerejeira do Japão ou Sakura (Prunus serrulata), que é muito conhecida. Outras, da família das Mirtáceas, como a Cereja do Rio Grande (Eugenia Involucrata) com seu tronco esverdeado e a mais usada no Brasil, a Cerejeira Silvestre (Eugenia mattosii).

 

 

 

 

 

Bonsai de Acerola (Malpighia glabra)

O bonsai de acerola, da espécie Malpighia glabra, tem sua origem na América Central e do Sul, a árvore gera o fruto da acerola, também chamada de aceroleira. Ele tem uma ramificação muito intensa, com isso, facilita o cultivo do bonsai. Uma curiosidade é que o fruto da acerola é, extremamente rico em vitamina C, ótimo para a saúde.

 

 

 

 

 

Bonsai de Chá de Fukien (Carmona)

O bonsai de chá de Fukien, também conhecido como Carmona, tem sua origem no sudeste da Ásia. Ele possui folhas pequenas e verdes escuras, suas flores são brancas em forma de estrela, e, algumas espécies produzem frutos pequenos que ao amadurecer ficam vermelhos. O bonsai de Carmona é uma espécie para quem gosta de árvore interna, apesar de, ela ter que ficar um mínimo de 2 horas ao sol.

 

 

 

 

 

 

Bonsai de Sageretia (Ameixeira do Pássaro)

A Sageretia, também chamada de Ameixeira do Pássaro, é uma árvore de origem asiática, e, que por conta de suas folhas pequenas, são ideais para a arte do bonsai, e, apesar de ter um desenvolvimento lento, suas folhas crescem rapidamente, e, florescem entre o verão e o inverno. Tem galhos finos, e, descasca bastante durante seu crescimento.

 

 

 

 

 

Bonsai de Pinheiro Negro Japonês (Pinus)

O bonsai de Pinheiro Negro, da espécie Pinus Thumbergii, tem sua origem Japonesa. A família Pinus tem mais de 80 espécies, e sua maioria são do hemisfério norte em zonas de montanhas. O bonsai de Pinus é uma árvore muito bela, seus troncos mais grossos  e as folhas em formato de agulhas, justificam essa característica, e, elas são resistentes a climas mais rigorosos.

 

 

Considerações Finais

As espécies de bonsai listadas acima são algumas das mais cultivadas, porém, existindo diversas outras árvores que também são usadas para essa arte. Se você ganhou ou comprou alguma, clique no link dela e saiba mais sobre como cuidar dessa espécie.

Para finalizar, compartilhe conosco seus conhecimentos sobre as espécies de bonsai que você conhece. E, se conhece alguma que não listamos, comente abaixo!

Um abraço!

Espécies de Bonsai mais conhecidas e mais cultivadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *